Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Crise: Jornal lança outdoor feito com dólares zimbabueanos

  • 333

A instalação faz parte campanha 'Trillion Dollar', contra o Presidente zimbabueano Robert Mugabe, que está a decorrer na África do Sul.

Maria Luiza Rolim, com agências

Um 'outdoor' feito com dólares zimbabueanos e a frase 'Graças a Mugabe, este dinheiro é papel de parede' é o símbolo da campanha 'Trillion Dollar' do jornal 'The Zimbabué', que é a 'voz' dos zimbabueanos exilados na África do Sul.

A instalação do original painel numa movimentada avenida de Joanesburgo é uma analogia ao colapso económico-financeiro do Zimbabué.

A campanha 'Trillion Dolar' contra o Governo do Presidente Robert Mugabe foi concebida pela agência de publicidade TBWA Hunt Lascaris.

O Zimbabué tem os mais elevados índices de inflação do mundo, tendo atingido os 231 milhões antes do colapso e da adopção do dólar americano como moeda nacional.

No passado mês de Fevereiro, o Banco Central retirou 12 zeros do dólar zimbabueano, numa tentativa desesperada para estabilizar a economia do país.

A moeda zimbabueana passou para 1,5, 10, 20, 50, 100 e 500 dólares. Segundo um funcionário do Banco Central, o corte era mesmo necessário porque os sistemas informáticos utilizados pelo Estado e pelas empresas privadas já não respondiam com a velocidade adequada às operações monetárias com tantos dígitos.

Segundo dados divulgados hoje, calculados em dólares americanos, a inflação no Zimbabué caiu 1% no mês passado. No entanto, o custo de vida aumentou em 5%, revela o Instituto do Consumidor.

No Zimbabué, uma cesta básica custa 386 dólares americanos. Trata-se de um valor exorbitante para a esmagadora maioria da população de um país onde 7 milhões de habitantes dependem de ajuda humanitária estrangeira para sobreviver.