Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Clint Eastwood contra Barack Obama

  • 333

Realizador de 82 anos anunciou que vai votar em Mitt Romney, candidato republicano às presidenciais nos EUA, porque "o país precisa de um impulso".

Mariana Cabral (www.expresso.pt)

Clint Eastwood anunciou ontem à noite o seu apoio à candidatura do republicano Mitt Romney às presidenciais norte-americanas, num evento de angariação de fundos em Sun Valley.

"Acho que o país precisa de um impulso", disse o ator e realizador norte-americano, em declarações à agência AP, durante o evento privado, para o qual 325 convidados pagaram até 25 mil dólares (20 mil euros) para entrarem.

Em fevereiro, Clint Eastwood disse à Fox News que não estava a apoiar nenhum candidato e mais tarde garantiu não estar "politicamente afiliado" ao presidente Barack Obama.

"Agora mais do que nunca precisamos do Governador Romney. Eu vou votar nele", disse Clint Eastwood aos apoiantes do candidato republicano.

O realizador disse ter visto pela primeira vez Romney no Massachusetts, em cartazes publicitários de campanha, durante as gravações do filme "Mystic River", quando o republicano concorria ao cargo de governador daquele Estado.

"Pensei, é demasiado bonito para ser governador, mas parece que poderia ser presidente", disse Eastwood, ontem, ao lado de Romney, acrescentando que, à medida que os anos passaram, começou a "pensar cada vez mais nisso".

O realizador de 82 anos disse esperar que Romney restaure "um sistema fiscal decente para que haja justiça e para que as pessoas não se enfrentem por causa de quem paga e quem não paga impostos".

Romney "ganhou o dia"

Mitt Romney mostrou-se obviamente satisfeito com as palavras de Eastwood, dizendo que já tinha "ganho o dia" com a manifestação de apoio.

Clint Eastwood tornou-se assim na principal celebridade a apoiar a candidatura de Romney, que também conta com o apoio do ator Jon Voight, pai de Angelina Jolie, e do cantor Kid Rock.

A equipa de Romney não sabe, para já, se Eastwood terá ou não um papel ativo na campanha do candidato republicano, explica a AP.

Morgan Freeman apoia Obama

Recentemente o ator Morgan Freeman manifestou apoio à campanha de Barack Obama, atual presidente e candidato democrata às presidenciais.

O ator 'oscarizado' dou um milhão de dólares (814 mil euros) à campanha, pelo "trabalho excelente [de Barack Obama] em circunstâncias historicamente difíceis".