Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Caso Relvas chega à Volta à França

  • 333

Durante a etapa de hoje do Tour, um adepto do ciclismo exibiu perante as câmaras um cartaz onde se lia: "Vai estudar, Relvas". Já há promessas de episódios idênticos na etapa de amanhã e também nos Jogos Olímpicos. Clique para visitar o dossiê Lusófona

Paulo Luís Castro (www.expresso.pt)

Os efeitos da polémica em torno da licenciatura obtida por Miguel Relvas junto da Universidade Lusófona parecem não abrandar. O exemplo mais recente foi dado hoje mesmo e além-fronteiras, durante a etapa-rainha da Volta à França em bicicleta.

Clique para aceder ao índice do Dossiê Lusófona

Numa subida íngreme pontuável para o Prémio da Montanha, à passagem dos ciclistas surge um adepto com um cartaz amarelo, idêntico a tantos outros exibidos pelos seguidores da mais mediática e importante corrida de ciclismo do mundo.

As câmaras de televisão captam o momento, repetido com outros intervenientes vezes sem conta neste género de etapas em que o ritmo da corrida abranda coinsideravelmente.

Acontece que as palavras escritas no cartaz não exibiam qualquer mensagem de incentivo aThomas Voeckler, vencedor da tirada, ou  Bradley Wiggins, o atual camisola amarela da prova, e muito menos a Rui Costa ou Sérgio Paulinho, os dois portugueses presentes nesta edição.

O cartaz em causa exibia a frase "Vai estudar Relvas" e não tardou a que rapidamente o vídeo fosse colocado no YouTube. Num comentário, é prometida nova ação de intervenção durante a chegada da etapa de amanhã da mesma corrida, do mesmo modos que se anunciam mais surpresas para os Jogos Olímpicos. A ver...