Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Atualidade / Arquivo

Carlos do Carmo "surpreso" e "feliz" com distinção a "Fado da Saudade"

  • 333

A Academia Espanhola das Artes Cinematográficas atribuiu um Goya para melhor canção original ao Fado da Saudade de Carlos do Carmo.(Veja vídeo no fim do texto)

O fadista Carlos do Carmo, que ontem recebeu um prémio Goya para a melhor canção original, afirmou-se surpreso e feliz pela distinção da Academia Espanhola das Artes Cinematográficas.

"Foi uma surpresa a nomeação e maravilhoso o ter recebido este prémio", disse hoje à Lusa Carlos do Carmo.

A canção vencedora, "Fado da Saudade", tem poema de Fernando Pinto Amaral e é na música do fado menor em versículo, explicou o fadista, que afirmou que "se este for mais um contributo para o fado, fico feliz, é o que tenho procurado fazer ao longo de 45 anos de carreira".

"Fado da saudade", de Carlos do Carmo e Fernando Pinto do Amaral, venceu o prémio Goya para Melhor Canção Original, na 22ª edição dos prémios Goya, os Óscares do cinema espanhol, que decorreu no Palácio dos Congressos, em Madrid.