Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Bomba de gasolina assaltada à terceira vez

À terceira foi de vez, a bomba de gasolina da BP de Lavra, em Matosinhos, foi assaltada por dois homens armados, disse ao Expresso fonte policial.

Joaquim Gomes (www.expresso.pt)

A estação de serviço da BP em Lavra, Matosinhos, foi assaltada sábado à noite por dois homens armados, que roubaram 150 euros e dez maços de tabaco às funcionárias então em serviço, acrescentou a fonte policial.

 

O assalto foi consumado cerca das 21h15 de sábado, na sequência de duas tentativas de roubo verificadas ao longo dos últimos meses, segundo a mesma fonte. "Os dois assaltantes levaram todo o dinheiro apurado, cerca de 150 euros, além de dez maços de tabaco que estavam próximos da caixa", disse ao Expresso a mesma fonte.

A GNR de Matosinhos tomou conta da ocorrência e comunicou o caso à Polícia Judiciária, cuja Secção Regional de Combate ao Banditismo (SRCB) da Directoria do Norte está a investigar o caso.

Dois suspeitos deste assalto foram interceptados pela PJ, mas nenhum deles foi reconhecido pelas funcionárias como tendo participado no assalto à mão armada.

Em 2009, a Directoria do Norte da PJ bateu o recorde de detenções relacionadas com casos de banditismo, tendo desmantelado 15 grupos que são suspeitos de mais de uma centena de assaltos à mão.

Entre o Minho e o Sul do Douro, a Polícia Judiciária do Norte fez mais de 450 detenções em 2009, isto é, quase 39 por cento mais do que em 2008. Mais de meia centena do que em 2004, o ano negro da década de 2000, segundo a PJ.