Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Bispo de Bruges admite que abusou de rapaz

Roger Vangheluwe, o bispo de Bruges, na Bélgica, admitiu ter "abusado de um jovem" há vários anos e apresentou a sua resignação, já aceite pelo papa Bento XVI.

O bispo da cidade belga de Bruges, Roger Vangheluwe, apresentou a sua resignação após admitir ter "abusado de um jovem" seu familiar há vários anos, anunciou hoje a igreja da Bélgica. "Quando ainda não era bispo mas também durante algum tempo depois, abusei sexualmente de um jovem da minha família. A vítima ainda hoje sofre", disse Vangheluwe, 74 anos, numa declaração lida pelo líder da Igreja Católica belga, arcebispo André Léonard. O anúncio foi feito durante uma conferência de imprensa que juntou o arcebispo Léonard, o bispo de Tournai, Guy Harpigny, responsável pela comissão que trata das queixas de abusos sexuais envolvendo prelados, e ainda o presidente da comissão, o pedopsiquiatra Peter Adriaenssens. Léonard referiu ainda que o caso é um golpe para a comunidade católica belga: "Estamos conscientes que vai originar uma crise de confiança em muitas pessoas". Vangheluwe era bispo de Bruges, na Flandres, há 25 anos.   O papa Bento XVI já aceitou a resignação do bispo de Bruges, anunciou o Vaticano. *** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.