Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Beatles apoiavam movimentos de direitos civis nos EUA (vídeo)

O contrato no qual os Beatles se recusam a atuar para uma audiência segregada será leiloado amanha, em Los Angeles

Getty Images

Contrato de 1965 mostra que os Beatles se recusavam a atuar perante uma audiência separada por raça, apoiando desta forma a luta pela igualdade racial.

Ana C. Oliveira (www.expresso.pt)

A célebre banda britânica, The Beatles, mostrou o seu apoio ao movimento de luta pelos direitos civis dos negros, nos EUA, ao fazer questão de colocar nos contratos que se recusava a atuar perante audiências segregadas, como mostra um desses documentos assinado pelo agente da banda, Brian Epstein, durante uma digressão norte-americana em meados da década de 1960. Um desses contratos, aquele que era relativo a um concerto realizado a 31 de agosto de 1965 no Cow Palace, na Califórnia, será leiloado amanhã em Los Angeles e está previsto que seja vendido por um valor superior a 5 mil dólares (cerca de 3700 euros). Durante as décadas de 1950 e 1960, o movimento dos direitos civis dos negros, nos EUA, lutou pelo fim da discriminação e do sistema de segregação racial nos estados sulistas, onde o voto negro apenas foi aprovado em 1965, com a Lei sobre o Direito de Voto, assinada pelo Presidente Lyndon Johnson.

Palco invadido durante o concerto de 1965

Durante o concerto dos Beatles no Cow Palace, a 31 de agosto de 1965, o palco foi invadido por alguns elementos do público, obrigando à interrupção da atuação. A banda foi forçada a esperar nos bastidores, mas o concerto, que terá rendido cerca de 77 mil dólares (55,8 mil euros), acabou por continuar depois da ordem ser estabelecida. Os Beatles manifestaram pela primeira vez o seu apoio à causa da igualdade dos direitos civis durante a sua primeira digressão norte-americana, em 1964, na qual se recusaram a atuar perante um público segregado em Gator Bowl, na Florida. As autoridades da cidade acabaram por permitir que o espetáculo fosse realizado para uma audiência mista. A música "Blackbird", do álbum dos Beatles conhecido como The White Álbum, de 1968, também é inspirada no tema da discriminação racial.

Veja alguns momentos da digressão dos Beatles nos Estados Unidos, em 1965: