Anterior
Bons ventos na vela: Freitas/Andrade em 4.º lugar
Seguinte
Mundo de olhos postos em Londres
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Desporto  >  Jogos Olímpicos 2012  >   Abdoulaye: "Benfica queria que saísse a custo zero do FC Porto"

Abdoulaye: "Benfica queria que saísse a custo zero do FC Porto"

Defesa do Senegal tem uma parte vermelha marcada na carreira - a dos cartões, que passou da Liga para os Jogos Olímpicos- mas podia ter mais: "Eles bem queriam mas FC Porto é melhor e nunca deixa que essas coisas aconteçam".
|
Abdoulaye conversa com o árbitro Felix Brych depois deste lhe ter exibido o cartão vermelho
Abdoulaye conversa com o árbitro Felix Brych depois deste lhe ter exibido o cartão vermelho / Sergio Moraes/Reuters

Abdoulaye Ba, um gigante senegalês de 21 anos que faz uso dos seus 1,97 metros para falar para baixo com quase todos os futebolistas, era um homem aliviado no final do encontro com o Uruguai: com a equipa africana já em vantagem, o central foi expulso por uma entrada dura sobre Luís Suárez, a travar um contra-ataque rápido, e deixou os companheiros em apuros a partir dos 30 minutos.

Saiu do jogo, ganhou milhares de fãs - os britânicos presentes em Wembley nunca deixaram de mostrar o ódio pelo avançado do Liverpool. Mas porquê o alívio? "Ganhámos, é o que mais interessa. Mas estava com medo que tivesse prejudicado mais a equipa", explica. Logo ele que, na Liga portuguesa de 2011/12, ao serviço da Académica, foi o jogador que mais vezes viu o cartão vermelho (quatro). E a ficha de jogador podia ter mais referências a essa cor, segundo o próprio.

"Fiz uma boa temporada na Académica e o Benfica falou com o meu empresário para saber a minha situação. Queriam que fosse para lá", diz. Nada de estranho, não fosse o pequeno pormenor de ter contrato com... o rival, FC Porto.

"O Benfica queria que saísse a custo zero do Porto, no final do meu contrato, em 2013. Sim, é um grande clube mas o FC Porto é melhor e nunca deixa que essa coisas aconteçam. E eu próprio também não queria que isso acontecesse", acrescenta.

"Renovei e vou ficar no plantel do FC Porto" 


No meio desta 'novela', o central renovou contrato até 2016 e irá cumprir a vontade de ficar no plantel principal quando terminarem os Jogos Olímpicos. "Renovei para isso, falei com as pessoas e vou ficar no plantel porque acreditam muito em mim. E claro que a intenção é ser titular, apesar de saber que a concorrência para o meu lugar é forte. Vamos ver".

Certo é que, no próximo encontro, o central com passagens por Spoorting da Covilhã e Académica vai ficar na bancada, castigado. Mas ninguém lhe retira mais uma vitória: a do Senegal contra o Uruguai de Urreta, jogador do... Benfica.


Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 7 Comentar
ordenar por:
mais votados
PORQUE SERÁ?
Ninguém quer ir para o clube dos pardais???
Este ano já vi uma série de situações que justificam esta afirmação! :-D:D=D
Re: PORQUE SERÁ?
Re: PORQUE SERÁ?
Teve piada...:-)
O cuidado que o jornalista teve de pintar a noticia de modo a não magoar a hoste vermelha... :-))) de facto acho que teve originalidade. :-)))

É o que faz haver poucos vagas no jornalismo...
Re: Abdoulaye: "Benfica queria que saísse a custo
Não há fóculporto sem Benfica.
Noticia com título enviesado...
Quem lê, pensa q o jogador só não teve mais vermelhos pq o fcp não permite. Mas afinal não passa de mais uma pseudonoticia p pretensamente tt mostrar q o fcp e melhor q o slb. Enfim, mais um a tt promover se a custa do slb, lambendo o traseiro do fcp.
O que quis dizer é que Clube bairro Manda no País
O que quis dizer é que Clube bairro Manda no País
Os Morkões mandam no sistema , e ao puerto ninguém vai ver jogos porque é perigoso é muito perigoso!!!!
Comentários 7 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub