25 de julho de 2014
Página Inicial   >  Opinião  >   A semana

Síntese de Martim Silva

 | 
Silvio Bersluconi, o primeiro-ministro 'bunga bunga'
Tony Gentile/ Reuters

Fenómeno

Ronaldo, o fenómeno, anunciou o fim da carreira profissional de 18 anos. No Brasil, no Inter e no Barcelona poucos brilharam como ele.

Tunísia

Um mês depois dos protestos, êxodo em massa de tunisinos, que fogem de barco do país.

Economia

Decresceu 0,3% no último trimestre de 2010. Mas cresceu 1,4% ao longo de 2010, um valor que duplica as previsões do próprio governo. Como olhar para este copo: está a encher ou a ficar vazio?

Revoltas

Os tumultos e convulsões no mundo islâmico prosseguem. O perfume do jasmim espalha-se por outras partes e já chegou ao Irão, onde manifestantes já gritam "fora com os ditadores". Bahrein e Líbia são outros palcos agitados nesta altura. Como a Argélia.

China

Depois de quatro décadas como a segunda maior economia do mundo, o Japão foi relegado para o 3º lugar do pódio, ultrapassado pelo vizinho chinês. Os EUA continuam no 1º lugar.

Desemprego

Volta a crescer a taxa dos que não têm emprego em Portugal. Aumentou num ano de 10 para 11%, número em que estava no final de 2010. E deve continuar a subir...

Zoomarine

O golfinho mais velho do mundo em cativeiro era 'português' e morreu esta semana no parque aquático algarvio, aos 50 anos.

Os segredos dos 33 mineiros do Chile

A saga apaixonou o mundo no ano passado. Agora, um jornalista norte-americano, Jonathan Franklin, que cobriu o caso para o "The Guardian", conta em livro pormenores desconhecidos: como foi infiltrada droga; como se pensou enviar bonecas insufláveis para resolver o problema "sexo" e só não avançou a ideia porque apenas havia cinco bonecas disponíveis, o que era um risco de segurança. Ou como o Presidente chileno Pinera estava obcecado com a ideia de descer à mina e só os esforços da mulher o convenceram a abandonar a ideia.

Apagão eleitoral

Depois da bronca com o cartão do cidadão, em que milhares de pessoas foram impedidas de votar nas presidenciais, o Governo decidiu avançar esta semana para a extinção do número de eleitor. A partir de 2013 vota-se só com o número de identificação civil.

Reino Unido

O mais célebre número 10 do mundo, o de Downing Street, recebeu esta semana um novo inquilino: Harry, um gato para caçar ratos.

 

Números

114

é o número de bilionários russos, que voltou a crescer no último ano. Abramovich é só o quinto da lista

249

o número de dias que a Bélgica leva sem governo, o que já é um recorde mundial. Há países em que os partidos ainda se entendem menos que em Portugal


Itália

O primeiro-ministro 'bunga bunga'. A justiça italiana força o primeiro-ministro Silvio Bersluconi a ir a julgamento, que começa no dia 6 de abril, por acusação de envolvimento com uma prostituta e abuso de poder. É certo que já muitos, e muitas vezes, anunciaram o fim político do "Cavaliere", mas a sua imagem aparece cada vez mais desacreditada, envolta em escândalos sexuais, como as festas 'bunga bunga' que organizava e onde terá tido relações sexuais com a marroquina Karima El-Maroug, então menor de idade.

 Martim Silva

Texto publicado na edição do Expresso de 19 de fevereiro de 2011

Síntese de Martim Silva

 | 
O despique da esquerda
António Pedro Ferreira

Mubarak

A revolta continuou nas ruas e encurralou Mubarak até uma posição insustentável. Será seguramente um dos acontecimentos mundiais do ano.

Moção de censura

Ciclicamente, e em ciclos cada vez menos espaçados, volta a discussão da crise política. Com governos sem maioria no Parlamento, não há mesmo volta a dar. E se não for desta, o mais provável é que uma outra qualquer moção nos próximos tempos ajude a tirar Sócrates do poder.

Estudo

Um estudo divulgado esta semana mostra como está em crise a confiança dos cidadãos nos seus governantes. Nada de surpreendente.

Sporting

Uma entrevista explosiva de Costinha levou à saída do diretor desportivo do Sporting. Mais uma crise num clube em convulsão permanente.

Gastronomia

Lançado, em moldes semelhantes a outros anteriores, o concurso para eleição das maravilhas da gastronomia nacional. Manobra de propaganda ou algo mais?

Brasil

O Rio de Janeiro chorou o incêndio em armazéns das escolas de samba, nas vésperas do momento alto do calendário brasileiro.

Internet

O grupo AOL comprou o Huffington Post, um dos mais populares sites de informação dos EUA. O negócio valeu mais de 200 milhões de euros.

Veto

Cinco anos depois, Cavaco Silva vetou a primeira lei vinda do Governo de José Sócrates. Sinal dos novos tempos.

Educação

Governo e escolas entendem-se em relação aos contratos-programas para as instituições particulares e cooperativas. Isabel Alçada consegue resolver (adiar?) um problema que se tornava bicudo.

Quanto vale o Twitter?

8 mil milhões de euros é o valor que poderá ser pago pelo Twitter. Na corrida, foi esta semana noticiado, estão os gigantes Google e Facebook

O despique da esquerda

Bloco e PCP

Nunca a esquerda aprovou uma moção de censura da direita. E nunca a direita se levantou para aprovar uma moção de censura vinda da esquerda. Isto é o que nos diz a história da democracia portuguesa. Mas história é história e a realidade encarrega-se por vezes de a esfrangalhar. Esta semana voltou em força a discussão sobre a crise política, com a possibilidade da esquerda (PCP ou BE) tentar derrubar o Governo. O PCP fez o pré-anúncio mas foi o Bloco a concretizá-la, antecipando-se aos comunistas na última curva. Os dois estão contra o Governo. Mas por vezes parecem estar mais um contra o outro e em marcação permanente.

Solidão nas cidades

O extraordinário caso da senhora encontrada morta dentro de casa ao fim de nove anos, às portas de Lisboa, quando todos a julgavam desaparecida, é um acordar brutal para o fenómeno da solidão nos grandes centros urbanos e para o ostracismo e limbo a que muitos dos idosos são hoje em dia votados. E você, sabe quem são os seus vizinhos?

Dívida recorde

O recorde absoluto que esta semana bateram os juros da dívida portuguesa mostra bem que, por mais necessárias e importantes que possam ser as medidas adotadas pelos governos para escapar à fúria dos mercados, a resposta concertada da Europa é absolutamente essencial e, verdadeiramente, a única arma para estancar esta hemorragia.

Bom e mau

Bom

Revoltas. O que está a acontecer no mundo árabe pode ser uma enorme lufada de esperança

Mau

Impostos. Os bancos portugueses aumentam os lucros mas pagam menos impostos

Martim Silva

Texto publicado na edição do Expresso de 12 de fevereiro de 2011

 

Síntese de Martim Silva

 | 
A semana - Síntese de Martim Silva
Estela Silva/ Lusa
Deolinda

Foram os próprios Deolinda, em comunicado de imprensa enviado para as redações, que confessaram a sua surpresa (e emoção) pelo efeito mediático conseguido com a estreia da canção "Parva Que Sou" nos concertos que fizeram no passado fim de semana nos Coliseus de Lisboa e do Porto. A canção, cuja letra sublinha a apatia de uma geração "sem remuneração", e que "estuda para ser escrava", suscitou uma adesão espontânea junto do público que assistia aos concertos (muito espectadores de punho no ar) e, depois, nas redes sociais, blogues e até no Parlamento, onde foi glosada pelo deputado José Soeiro, do Bloco de Esquerda. Mas também a direita se "aliou" aos Deolinda, contrapondo os direitos adquiridos à precariedade do emprego, como causa dos males da geração "casinha dos pais". A música pop tem destas coisas.


Letra da canção "Parva Que Sou"

Sou da geração sem remuneração
E não me incomoda esta condição
Que parva que eu sou
Porque isto está mal e vai continuar
Já é uma sorte eu poder estagiar
Que parva que eu sou
E fico a pensar
Que mundo tão parvo
Onde para ser escravo é preciso estudar

Sou da geração "casinha dos pais"
Se já tenho tudo, pra quê querer mais? Que parva que eu sou
Filhos, maridos, estou sempre a adiar
E ainda me falta o carro pagar
Que parva que eu sou
E fico a pensar
Que mundo tão parvo
Onde para ser escravo é preciso estudar

Sou da geração "vou queixar-me pra quê?"
Há alguém bem pior do que eu na TV
Que parva que eu sou
Sou da geração "eu já não posso mais!"
Que esta situação dura há tempo de mais
E parva não sou
E fico a pensar,
Que mundo tão parvo
Onde para ser escravo é preciso estudar

 

Veja o vídeo


Egito

A Revolução de Jasmim transformou-se esta semana no Egito numa revolta violenta. Mubarak não quer sair já. E o mundo aguarda em suspenso na tentativa de perceber o que dali sai, se a democracia se a ascensão do islamismo radical.

Petróleo

Com a crise no mundo árabe, eis os preços a dispararem novamente.

Menos deputados

O tema foi capa de jornais e abertura de noticiários esta semana. Primeiro: o que interessa verdadeiramente é aproximar os eleitos dos eleitores e alterar o sistema eleitoral, a discussão sobre o número de deputados é pura demagogia. Segundo: Jorge Lacão decidiu enfrentar em três momentos consecutivos a sua bancada e até a orientação do próprio Governo. Uma coisa é certa: ficou mais perto da porta da rua do Governo.

Óscares

"O Discurso do Rei", de Tom Hooper, lidera a lista dos filmes candidatos à estatueta dourada, com 12 nomeações. Colin Firth e Natalie Portman (pelo papel em "O Cisne Negro") são os favoritos para os Óscares de representação.

Dívida

A emissão de bilhetes do tesouro esta semana, em que os líderes europeus reuniram, foi classificada pelo Governo como um "sucesso". Já dá para respirarmos?

Renato Seabra

Uma audição de poucos minutos no tribunal de Nova Iorque foi suficiente para o alegado homicida de Carlos Castro se declarar inocente. A próxima audiência é a 4 de março.

Futebol

Por cá, o encerramento do chamado mercado de inverno foi dominado pela venda de David Luiz para o Chelsea. A grande dominadora foi a liga inglesa, que movimentou qualquer coisa como €262 milhões. O recorde foi para os €58 milhões pagos pelo Chelsea pelo espanhol do Liverpool Fernando Torres.

Ciência

O Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (CERN) anunciou que o LHC (acelerador de partículas) não vai afinal ser encerrado este ano, mantendo-se em funcionamento até 2012

Martim Silva


Texto publicado na edição do Expresso de 5 de fevereiro de 2011

Síntese de Martim Silva

 | 
A semana - Síntese de Martim Silva
Ben Curtis/AP

Presidenciais 

Uma eleição de desencanto. De desencanto com o 'sistema'. A maior abstenção de sempre em presidenciais. O maior número de votos brancos da democracia portuguesa. Uma votação dramática para o candidato do PS e Bloco. Um Presidente reeleito com o menor número de votos de sempre. Ao mesmo tempo, dois candidatos independentes com resultados que surpreenderam.

Casa Pia

Carlos Silvino, a pedra central do caso Casa Pia, veio agora desdizer o que afirmara durante anos. E garantir que os acusados são todos inocentes. Em que deve o cidadão comum acreditar?

Barack Obama

Discurso do Estado da União marcado pela visão do Presidente sobre o futuro do país, e como competir com a ascensão económica da China.

Cartão do cidadão

A cereja no bolo da modernização administrativa levada a cabo pelos governos Sócrates fracassou de forma brutal nas eleições do último domingo. Milhares de pessoas foram impedidas de votar.

Despedimentos

Governo diminui os valores a pagar aos trabalhadores em caso de despedimento. O tema ainda vai dar pano para mangas e forte discussão.

PT

Depois da venda da Vivo, a parceria com a Oi, fechada esta semana, é a garantia de que a telefónica portuguesa se mantém no apetitoso mercado brasileiro.

Rússia

35 mortos foi o resultado de um atentado de um grupo tchetcheno islamita no maior aeroporto de Moscovo, quando um bombista suicida se fez explodir na zona de chegadas do terminal de Domodedovo.

Revolta

Egito (na foto)

Num dos países centrais do mundo islâmico, a revolta da rua começa a fazer-se sentir e em força. Depois dos protestos na Tunísia terem levado à queda do regime de Ben Ali, o fenómeno alastrou para as ruas do Cairo. Centenas de detidos, repressão policial. Entretanto, o prémio Nobel El-Baradei, antigo líder da agência internacional de energia atómica, decidiu anunciar o seu regresso ao país, precisamente para liderar o processo político de revolta contra Hosni Mubarak, que lidera o Egito com mão de ferro há três décadas

Recorde de leilões

3,8 mil milhões de euros

foi quanto faturou no ano passado a leiloeira Christie's, o valor mais elevado nos seus mais de duzentos anos de vida. O valor corresponde a 2010 peças vendidas ao longo de 2010.

Ensaio Sobre a Lucidez

Num dia chuvoso, o país vai a eleições. Os eleitores, cansados e num grito de revolta, deixam quase 70% dos boletins de voto em branco. A partir daí é o caos. A trama criada por José Saramago no "Ensaio Sobre a Lucidez" vem à memória depois de, no último domingo, os votos em branco terem batido um recorde na democracia portuguesa. Sinal preocupante...

AD para quê?

PSD e CDS querem voltar juntos para o poder. Mas não se entendem sobre se se devem aliar antes ou depois das eleições. A questão é saber se os dois partidos têm verdadeiramente um projeto para o país e para a sociedade ou se se trata de um mero jogo de lugares e uma questão de aritmética eleitoral. A ideia que dá, para já, não abona a favor dos dois.

Pódio
+

O grito do Islão As revoltas na rua árabe prenunciam ventos de abertura. Finalmente

-

Discurso Espera-se que a intervenção de Cavaco a 9 de março seja mais mobilizadora do que a de domingo


Martim Silva

Síntese de Martim Silva

 | 
A semana - Síntese de Martim Silva
John G. Mabanglo/EPA
Baixa médica do mago da Apple

Na mesma semana em que a Apple anunciou lucros de seis mil milhões de dólares, soube-se da baixa médica de Steve Jobs (que já tinha tido cancro do pâncreas), o mago fundador da Apple que revitalizou a companhia com o iPod, iPhone e iPad e a tornou a segunda maior empresa do mundo em capitalização bolsista (só atrás da ExxonMobil). Resultado, as ações da empresa tiveram imediatamente uma queda.

Tunísia

Fuga do ditador Ben Ali e mulher para a Arábia Saudita, na sequência da revolta popular, e já novo governo até às eleições, incluindo elementos do regime anterior. Ao mesmo tempo, a "rua árabe" agita-se e as imolações pelo fogo, como no Egito, levantam a pergunta: qual o próximo país a cair?

WikiLeaks

A organização de Julien Assange recebeu e promete divulgar dados sobre mais de dois mil clientes com contas em offshore nas Caimão.

Berlusconi

O escândalo Ruby Rubacuori, aliás Karima el Mahroug, a prostituta menor de idade com quem Berlusconi terá tido relações sexuais a troco de dinheiro, continua a fazer mossa. A procuradoria de Milão investiga o caso, o primeiro-ministro garante que demitir-se está fora de questão.

Haiti

Entre 1971 e 1986 liderou o Haiti e no último domingo, de surpresa, Jean Claude Duvalier, 'Baby Doc' voltou ao país. Argumento: queria ajudar os haitianos, depois do terramoto de há um ano. Mas dois dias depois foi acusado pela justiça do país de corrupção e outros crimes cometidos durante o mandato.

Fuga

Dois presos conseguiram fugir de uma carrinha celular junto ao DCIAP, no centro de Lisboa, com tiros pelo meio.

Sporting

Uma derrota, mais uma, ajudou a afundar ainda mais o clube. O presidente José Eduardo Bettencourt demitiu-se e vêm aí novas eleições.

China

Nos últimos dois anos, a China emprestou mais dinheiro a países em vias de desenvolvimento do que o Banco Mundial.

Mourinho

O treinador do Real Madrid estica a corda. Quer mais um avançado e já se fala na sua saída da capital espanhola.

Sudão

O "sim" terá vencido por larga maioria o referendo sobre a independência do sul do Sudão.

Andamos todos a ser enganados com os preços da gasolina?

A semana - Síntese de Martim Silva
O preço dos combustíveis reflete o preço do barril de petróleo. É o que nos dizem há anos. Mas os números mostram outra coisa: quando o petróleo sobe os combustíveis sobem, quando desce... nada.

Os mais bem pagos

12

A semana - Síntese de Martim Silva

milhões de euros de salário por ano, é quanto ganha Cristiano Ronaldo, o futebolista mais bem pago do mundo. Veja o top ten dos milionários:

1 Cristiano Ronaldo

(Real Madrid) 12 milhões de euros/ano

2 Wayne Rooney

(Manchester United) 11,5

3 Lionel Messi

(Barcelona) 11

4 Yaya Touré

(Manchester City) 10,8

5 Samuel Eto'o

(Inter) 10,5

6 Bastian Schweinsteiger

(Bayern Munique) 9,7

7 Zlatan Ibrahimovic

(Milan) 9

8 Kaká

(Real Madrid) 9

9 John Terry

(Chelsea) 9

10 Emmanuel Adebayor

(Manchester City) 8,4  


Martim Silva


Texto publicado na edição do Expresso de 21 de janeiro de 2011

Síntese de Martim Silva

 | 

Mourinho

Numa cerimónia marcada pela predominância espanhola (os três nomeados para melhor jogador do ano jogam no Barcelona e dois são espanhóis, e os três treinadores trabalham em Espanha) acabaram por ser um português, José Mourinho, e um argentino, Messi, as grandes estrelas.

Eta

Anunciou um cessar-fogo permanente. Será desta? Os espanhóis, depois de 30 anos de terrorismo, desconfiam.

Dacar

Portugueses em bom plano no mais famoso e mediático rali do mundo, agora na América do Sul.

Nascimentos

Talvez seja cedo para dizer que é uma tendência, mas não deixa de ser uma boa notícia. Em 2010 voltaram a nascer mais crianças em Portugal. Tinha-se baixado da fasquia histórica dos 100 mil, agora estamos nos 102 mil.

Carlos Castro

A morte brutal em Nova Iorque, no quarto do hotel, do mais famoso cronista social do país, aparentemente às mãos do seu companheiro, dominou boa parte da semana.

Costa do Marfim

Alassane Ouattara, o Presidente eleito, reconhecido pela comunidade internacional, apelou a uma intervenção militar internacional no país, para derrubar o seu adversário, Laurent Gbagbo, que recusa deixar o país.

Michael Douglas

O ator norte-americano revelou esta semana ter conseguido vencer a luta contra o cancro da garganta.

Polónia

Russos apresentaram relatório sobre o acidente aéreo que vitimou Lech Kaczynsky, antigo Presidente polaco, culpando os polacos por não terem respeitado as indicações. O irmão gémeo do presidente falecido já disse que a Rússia "está a gozar com a Polónia".

Sudão

Termina este fim de semana o referendo iniciado há sete dias e que visa decidir se o país é ou não dividido, com a secessão do sul.

Brasil

O interior do Rio de Janeiro foi afetado por fortes chuvadas, estando contabilizados mais de 500 mortos.

Tunísia

Confrontos violentos, com o Presidente tunisino a demitir o Governo e a convocar eleições legislativas antecipadas, acabando ele próprio por abandonar a Tunísia, ontem à tarde. Ben Ali governava em ditadura há 23 anos.

A semana - Síntese de Martim Silva
Dave Hunt/Reuters
Austrália

Além do desastre no Brasil, no final desta semana, as cheias na Austrália, que se prolongam desde dezembro, e foram classificadas como as piores em várias décadas, captaram a atenção do mundo. Até porque a área afetada é equivalente à de França e Alemanha juntas. Acalmada a fúria das águas, começam a contabilizar-se os prejuízos, que se estima ascendam a um por cento do produto nacional bruto australiano, qualquer coisa como 8 mil milhões de euros.



Candidatos em discurso direto

"Não comento adversários, por mais loucos que sejam"

Cavaco Silva

"Infeliz da geração cujos juízes merecem ser julgados"

José Manuel Coelho

"O meu adversário é o ex-imaculado candidato Cavaco Silva"

Defensor Moura

"O Presidente ameaçou provocar uma crise política porque é isso que querem os partidos que o apoiam"

Manuel Alegre

"Um futuro PR tem que sentir o pulso da população, o bater deste pulso está muito fraco"

Fernando Nobre

Martim Silva

Texto publicado na edição do Expresso de 15 de janeiro de 2011

 

Síntese de Martim Silva

 | 
A semana - Síntese de Martim Silva
Reuters
Brasil  

José Sócrates esteve na abertura do ano no Brasil, para assistir à tomada de posse de Dilma Rousseff como sucessora de Lula da Silva. E logo no primeiro dia em funções da nova Presidente, o primeiro-ministro reuniu-se com Dilma. Sócrates garantiu que a ajuda brasileira a Portugal para compra da dívida nacional não esteve em cima da mesa. Mas sabe-se que a entrada da Petrobrás no capital da Galp foi um assunto debatido (sobre isso pode ler-se mais noticiário esta semana no caderno de Economia do Expresso). "Reafirmei que uma das prioridades mais altas da política externa portuguesa é a relação com o Brasil. disse a Dilma que pode contar com Portugal como o mais fiel e mais próximo aliado", afirmou José Sócrates. No final da semana, Dilma (que já parece ter um novo estilo, mais reservado e com menos exposição pública) anunciou publicamente o primeiro combate do seu mandato: a erradicação da pobreza

Carros

Em ano de crise, a venda de automóveis em Portugal bateu o recorde de oito anos, superando os 220 mil. Marcas como a Porsche cresceram as vendas em mais de 60 por cento. As mudanças fiscais, como o fim do incentivo ao abate a partir de 2011, podem ajudar a explicar a corrida aos stands no final do ano passado.

BPN

Um caso de polícia agora transformado num caso político. As explicações, ou a falta delas, de Cavaco Silva sobre o Banco Português de Negócios (a começar pelas ligações de apoiantes seus ao Banco e a terminar nas acusações de Cavaco de que haveria um problema de administração na entidade) fizeram com que o tema se tornasse o prato forte da pré-campanha.

Presidenciais

A partir deste fim de semana, a duas semanas de campanha eleitoral para as eleições de 23 de janeiro, Cavaco aparece como virtualmente reeleito. Será que a estrada (e o BPN) consegue alterar a situação?

Califórnia

Arnold Schwarzenegger deixa a liderança do estado da Califórnia ao fim de dois mandatos. Hasta la vista, baby...

Costa do Marfim

O Presidente cessante, Laurent Gbagbo, continua a recusar abandonar o cargo apesar de ter perdido as eleições. Uma intervenção militar internacional não está fora de cogitação.

Financiamento

Depois de todas as críticas à nova lei do financiamento partidário e das campanhas, acusada de ter mais buracos do que um queijo suíço, os deputados decidiram que vão ouvir os críticos da legislação.

EUA

A semana - Síntese de Martim Silva
Doral Chrnoweth III/ AP
Há histórias assim, inspiradoras. Ted Williams, um sem-abrigo de Columbus, Ohio, antigo toxicodependente e alcoólico, foi filmado por um repórter, que captou a sua magnífica voz de barítono. O vídeo, colocado há cinco dias na Internet, já foi visto mais de 12 milhões de vezes. A história correu mundo, e Williams já se tornou uma celebridade, com as ofertas de emprego e as entrevistas a sucederem-se.

Espanha

"A pressão sobre a dívida espanhola agrava-se por causa da situação em Portugal"

Manchete da edição online do "El País" mostra preocupação com o aumento dos juros

Texto publicado na edição do Expresso de 8 de janeiro de 2011

 

Síntese de Bárbara Simões

 | 

"Diário da República"

Novidade para o próximo ano: desempregados e pensionistas com rendimentos superiores ao salário mínimo vão passar a pagar taxas moderadoras.

Educação

É uma decisão inédita em Portugal: a Universidade do Minho anulou um doutoramento por plágio.

Protesto

Os cortes salariais anunciados para a Função Pública não vão ser acatados por todos e nalguns casos prometem mesmo dar que fazer aos tribunais. O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público e a Federação Nacional dos Professores vão avançar com queixas e providências cautelares.

Presidenciais

Chegaram ao fim os debates televisivos entre os candidatos. A avaliar pelas audiências, não acrescentaram grande entusiasmo aos serões portugueses. E para os bocejos, por enquanto, não há medição.

Festa

À poupança juntou-se a boa vizinhança. Lisboa e Almada decidiram partilhar o fogo de artifício da passagem de ano. O espetáculo pirotécnico em ambas as margens do Tejo espera agora poder contar também com a cumplicidade da meteorologia. São esperadas cerca de 100 mil pessoas.

578

milhões de euros foram levantados pelos portugueses, nas caixas Multibanco, na semana do Natal. As compras com o mesmo cartão perfizeram €782 milhões, um valor muito semelhante ao da semana anterior.

Mau tempo

Milhares de pessoas passaram o Natal retidas em aeroportos. Locais de passagem? Às vezes. Em Heathrow (Londres), o caos foi tal que o Governo britânico já veio dizer que quer que os aeroportos sejam multados quando não conseguem estar à altura das intempéries. Uns dias depois foi em Moscovo (na foto) e em Nova Iorque que se concentraram as maiores multidões à espera que os aviões levantassem. Nevões, gelo, cortes de energia, adiamentos, cancelamentos... As condições meteorológicas entretanto melhoraram e as operações foram retomando a normalidade. É suposto um aeroporto ser um ponto de passagem, mas escusa de ser de passagem de ano.

Contratos com colégios

O diploma foi retocado e Cavaco Silva promulgou: os contratos de associação com os colégios vão passar a vigorar por ciclo de estudos (e não somente por um ano). Esta parte agradou aos estabelecimentos de ensino privados. Já o corte no valor do financiamento anual que o Estado concede por turma faz antever quezília no ano novo.

Feridos na prisão

Uma contenda entre reclusos na cadeia de Custóias, na zona das visitas, transformou-se num incidente com vários guardas prisionais feridos. Guardas a menos ou visitas a mais? As opiniões dividem-se. A tutela inclina-se mais para a segunda hipótese e anunciou medidas de aplicação imediata, entre as quais se incluem as visitas faseadas.

Estradas

-

Natal Dez pessoas morreram em acidentes de viação nos dias 23, 24, 25 e 26

-

Portagens Nenhum dos automobilistas que se queixaram de obras nas autoestradas foi re-embolsado.

Bárbara Simões

Texto publicado na edição do Expresso de 30 de dezembro de 2010

 

Síntese de Martim Silva

 | 

Costa do Marfim

Laurent Gbagbo não aceita o resultado eleitoral das presidenciais, que deram a vitória ao seu opositor, Alassane Ouattara, e recusa-se deixar o poder. Ban Ki-moon alerta para o risco de regresso à guerra civil.   

Bielorrússia

Mais um caso de eleições em países com fraca tradição democrática. Alexander Lukashenko ganhou, novamente, com cerca de 80% dos votos. Nos dias seguintes, centenas de pessoas presas. Alguns deles candidatos nas eleições.

Loja do Cidadão

Sócrates esteve em Castelo Branco a inaugurar mais uma Loja do Cidadão. Estranho país este em que os governantes passam boa parte do seu tempo a inaugurar lojas.

FC Porto

Chega ao final do ano sem ter perdido no campeonato e com uma vantagem mais do que confortável.

Ensino particular

A controvérsia em relação aos diplomas que regulam a relação entre o Estado e as instituições de ensino particular agravou-se esta semana, com a ameaça de veto da lei do Governo feita por Cavaco Silva.

Rating

A Moody's volta a tocar na avaliação da Irlanda, descendo-a, e faz a mesma ameaça a Portugal.

Saúde

O buraco nas contas da saúde, com 500 milhões de euros, é um sinal preocupante, ainda para mais quando vem aí um orçamento em que mais do que nunca o rigor vai ser de ouro.

EUA

Os Estados Unidos recuam na lei "don't ask don't tell". O Senado revogou a legislação que impedia homossexuais que assumissem a sua condição de prestarem serviço nas Forças Armadas.

Droga

Há menos mortes por overdose em Portugal, E a canábis é a droga mais consumida, revela um estudo do IDT.

BPN

Depois da nacionalização de 2008, o Governo não consegue agora arranjar comprador. E a intenção de lá colocar mais 500 milhões leva a oposição a protestar.

Consumo

772

milhões de euros gastos pelos portugueses no multibanco na última semana, a que antecedeu o Natal. Crise é crise mas, sobretudo, Natal é Natal.

Mau tempo

O frio, a chuva e a neve dos últimos dias voltaram a provocar o caos na Europa. Apesar de permitir imagens magníficas, como a desta página, tirada na Alemanha, a situação teve consequências bem negativas: Frankfurt, o mais movimentado aeroporto do continente, foi seriamente afetado, tal como os de Paris e Londres, entre outros. Por cá, os trabalhadores da Groundforce, que tinham marcada uma greve precisamente para hoje, quinta-feira, decidiram desmobilizar para evitar incómodos maiores aos passageiros afetados. Mas mantém-se a paralisação marcada para antes do fim do ano. A TAP contabiliza os prejuízos dos últimos dias em €2,5 milhões.

Presidenciais mornas

Cavaco parece caminhar calmamente para a reeleição (confirmando que PR recandidato ganha sempre, e à primeira). E o debate ressente-se dessa falta de competição. Hoje mesmo, termina o prazo para apresentação de candidaturas. Dentro de duas semanas começa a campanha oficial. Será que os 50% de abstenção na reeleição de Sampaio se repetem?

Salário mínimo aumenta

O Governo anunciou a intenção de aumentar o salário mínimo para 485 euros mensais no início do ano, admitindo fazer revisões do seu valor ao longo de 2011 de forma a atingir os prometidos 500 euros. Esta é uma promessa que convém seguir com atenção nos próximos tempos. É que os créditos das promessas do Governo não estão propriamente em alta nesta altura.

Pódio

+ Nissan

A marca escolheu Portugal para entregar os primeiros dez carros elétricos na Europa.

- Águia

O 'número' que fazia vibrar os benfiquistas antes dos jogos terminou. Já não há mais voos.

Martim Silva

Texto publicado na edição do Expresso de 23 de dezembro de 2010

 

Síntese de Martim Silva

Começaram os debates
FOTO ALBERTO FRIAS ROUND I. Primeira nota: ainda bem que se realizam debates para as presidenciais nas três televisões, com frente a frente entre os cinco candidatos. Esta semana começou com um Francisco Lopes/Fernando Nobre, que, apesar de ser uma espécie de Leixões-Académica dos debates, se revelou um confronto vivo e com pontos de interesse. Com o candidato do PCP a puxar do facto de ser o único que abertamente contestou a aprovação do Orçamento. E o fundador da AMI a exaltar o facto de ser o único que está fora do sistema partidário (num discurso populista mas fácil de entrar no ouvido). Para a semana temos o picante de um Alegre/Nobre.

Presidenciais Manuel Alegre sobe o tom contra Cavaco, indo buscar acusações ao baú sobre o conformismo do Presidente no tempo do Estado Novo, por contraponto à sua atitude de oposição ativa. Será que este discurso ainda pega? Duvido.

WikiLeaks Ao fim de algumas semanas, a bomba rebentou em força em Portugal, com as revelações de que o presidente do BCP, Santos Ferreira, se teria disposto a passar aos Estados Unidos dados financeiros sobre contas no Irão. Ao mesmo tempo, o "El País" revelou também dados sobre o acordo do Governo nacional para voos de repatriamento de Guantánamo. As explicações de Amado, firmes, parecem ter esvaziado de alguma forma a polémica.

Cuba O escritor Guillermo Fariñas foi impedido de deixar a ilha e se deslocar à Europa para receber o Prémio Sakharov.

Crise O Governo português apresentou um pacote de medidas de estímulo à economia, aperto do controlo da execução orçamental e mudanças na área laboral (como diminuir as indemnizações em caso de despedimento), para apresentar em Bruxelas e tentar acalmar os mercados. O FMI pode mesmo chegar, mas Sócrates parece ter encontrado maneira de reagir, não baixando os braços.

Facebook A revista norte-americana "Time" elegeu Mark Zuckerberg pai da rede social mais popular do mundo, como figura do ano 2010. Mas a revista teve de contornar o voto dos leitores, que tinham escolhido o polémico Julien Assange.

Açores Num gesto ousado e inédito, o representante da República para os Açores vetou politicamente o orçamento de Carlos César que contemplava um bónus para contornar o corte dos salários decretado pelo Governo de Sócrates. Afinal, a figura serve para alguma coisa. Apesar de tudo, César e os socialistas açorianos vão confirmar o diploma, fintando o veto.

BPN Maddoff já foi preso e condenado há muito. Em Portugal, começou esta semana o julgamento do processo BPN, o banco que Oliveira Costa liderou durante anos.

Itália À tangente, Sílvio Berlusconi conseguiu salvar-se ao ver rejeitada a moção de censura contra o Governo. Decisão gerou confrontos entre manifestantes e a polícia.

Açúcar Falta o açúcar para os doces de Natal? A pergunta tem estado na boca de muitos portugueses. Já nos bastava ser este um Natal de aperto no cinto.

Grécia Mais uma greve geral esta semana, com adesão em massa contra as medidas de austeridade e confrontos entre manifestantes e polícia. Junto ao Parlamento, um ex-ministro foi agredido.

O mundo a olhar para nós Numa mesma semana, José Sócrates, no seu raide para tentar livrar o país do foco dos mercados, deu entrevistas ao "Financial Times" e ao "New York Times". Ao mesmo tempo, em Espanha, o "El País" revelou dados fornecidos pelo WikiLeaks sobre os negócios do BCP no Irão e ainda sobre a passagem de voos com presos de Guantánamo pelo nosso território.


Se era para dizer isto...
"Os embaixadores são muito imaginativos e às vezes gostam de escrever o que os patrões gostam de ler"
CAVACO SILVA sobre WikiLeaks
"Eu e a minha mulher com certeza que não pensávamos bem do regime"
CAVACO SILVA respondendo a Alegre, que lembrou o seu passado no Estado Novo. Não devia entrar nesta polémica.

Pódio
+ Europa
Os 27 Estados-membros conseguiram passar pelo Conselho Europeu desta semana 'escondendo' as divergências profundas, e aprovando um fundo permanente de ajuda.
- Europa Continua a revelar-se um anão político. Resolvem-se os problemas a curto prazo mas não há força para olhar mais longe. A crise da dívida continua a ser um nó cego para os fracos líderes que temos.

Texto publicado na edição do Expresso de 18 de dezembro de 2010

Martim Silva (www.expresso.pt)

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE
Arquivo

Pub