0
Anterior
A semana da gripe , por João Vieira Pereira
Seguinte
A SEMANA a olhar para o céu, por Martim Silva
Página Inicial   >  Opinião  >  A semana  >   A SEMANA da papa, por João Vieira Pereira

A SEMANA da papa, por João Vieira Pereira

|
A papa Maizena

A 'velhinha' Maizena fez mais pela candidatura de Paulo Rangel ao Parlamento Europeu do que toda a máquina do PSD em três semanas. E tudo graças à inabilidade política de Manuel Pinho. Parece claro (a mim pelo menos) que as declarações de Basílio Horta sobre a proposta de Rangel para um programa para fomentar a mobilidade de jovens à procura do primeiro emprego não foram espontâneas. Só assim se percebe a necessidade de Manuel Pinho vir a público defender Basílio Horta. Só que, como habitualmente, Manuel Pinho provou porque não tem aptidão alguma para a política. "Paulo Rangel tem de comer muita papa Maizena para chegar aos calcanhares do dr. Basílio Horta", era talvez a pior frase que o ministro da Economia poderia ter dito. Augusto Santos Silva e Mário Lino, os ministros sempre suspeitos quando se fala de declarações polémicas, devem ter ficado cheios de inveja por esta verdadeira preciosidade não ter saído das suas bocas.

Se Paulo Rangel já tinha, com uma pré-campanha bem elaborada, marcado pontos todos os dias contra Vital Moreira, com este episódio ainda mais claro fica o desnorte entre o triângulo Vital, PS e Governo. Algo confirmado pelo próprio candidato do Partido Socialista às Europeias quando esperou dois dias inteiros para se demarcar, não das declarações de Manuel Pinho, mas do seu estilo...

Ana Jorge

Ao invés, muitos membros do Governo podiam olhar para a ministra da Saúde para aprenderem como se comunica. Com o mundo em aparente crise da gripe A, e desde o primeiro sinal de alerta, tem sido ela a liderar toda a comunicação aparecendo em esclarecimentos diários sobre o evoluir do que era há poucos dias uma pandemia. A segurança que transmitiu nas últimas semanas mostra como deve um membro do Governo portar-se numa situação de crise. A sua vasta experiência como médica de certeza que ajudou, mas não tenho memória de outro momento em que um ministro se dispõe a prestar contas todos os dias sobre a actuação do Governo usando um discurso pragmático e útil. Sobre a gripe A, a Organização Mundial de Saúde continua a falar em risco sério de pandemia lançando o alerta que num espaço de um ano um terço da população mundial pode estar infectada com o vírus. Actualmente estão infectadas 2300 pessoas em 26 países.

Cantinho da crise

1%


O Banco Central Europeu voltou a descer as taxas de juro numa tentativa de reanimar a economia. Apesar do nível histórico, este valor é ainda superior ao dos EUA e Inglaterra, onde as taxas estão, respectivamente, em 0% e 0,5%

Desilusão

Em três partidas Frederico Gil foi afastado na primeira ronda do Estoril Open. Apesar da derrota frente ao americano James Blake (16º do ranking mundial contra o 68º lugar de Gil), a crítica é unânime em elogiar o esforço do português. Sinceramente a mim deixou-me um amargo na boca ver o jovem português não aguentar a pressão depois de ter ganho a primeira partida. Um jogador a este nível nunca se deve dar por satisfeito por perder na primeira ronda de um torneio, ainda mais quando esse torneio é em casa. Será que a expectativa era demasiado alta para a qualidade do jogador? Pessoalmente acho que não. Espero que o futuro de Frederico Gil prove que estou certo.


Bloco de notas

"A crise e os desafios com que o país se confronta exigem alguns consensos transversais interpartidários"


"Um bloco central político é uma possibilidade como há também outras"


Jorge Sampaio, in 'Diário Económico'

"O PSD cometerá um erro se se aliar ao PS para governar o país"


Marcelo Rebelo de Sousa, in 'Público'

"Comigo, com certeza que não. (...) Isso é verdadeiramente impensável"


Manuela Ferreira Leite, in 'Público'


O maior centro comercial

+
Exemplo Quando o projecto arrancou não se imaginava a actual crise económica, mas não deixa de ser uma boa notícia a abertura de um espaço destes,com 279 lojas e 11 salas de cinema numa área total superior a 12 campos de futebol e que irá criar directa e indirectamente cerca de 10 mil postos de trabalho.

-
Excesso Portugal é sem dúvida um dos campeões dos centros comerciais. Espaços profissionalmente concebidos para consumir. Uma espécie de casinos para compras. Vivemos na cultura shopping: horas em intermináveis filas, constantes encontrões e permanente ilusão material, como se mais nada de agradável houvesse para fazer...


João Vieira Pereira


Opinião


Multimédia

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 0 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub