18 de abril de 2014 às 0:59
Página Inicial  ⁄  Blogues  ⁄  Courrier Internacional  ⁄  A realidade aumentada

Courrier Internacional

A realidade aumentada

Conheça os desafios que se colocam com tecnologia de aumento da realidade na edição de setembro do Courrier Internacional, à venda sexta-feira, dia 26.


Apontamos um smartphone para um edifício e o ecrã mostra-nos, sobrepostos à imagem do prédio, os restaurantes que lá existem e as respetivas ementas, os apartamentos para alugar e os seus preços, as máquinas de multibanco das redondezas ou as estações de correios.

Mas será que um polícia ou um agente secreto podem apontar um dispositivo eletrónico para lá e ver se há alguém que deva dinheiro às Finanças, tenha atividade política suspeita ou albergue imigrantes ilegais? 

A sociedade de pesadelo imaginada por George Orwell em Mil Novecentos e Oitenta e Quatro nunca viu a luz do dia, entre outras coisas, porque não havia tecnologia que permitisse ao Big Brother velar por nós 24 horas por dia.

Agora, a realidade aumentada proporciona o substrato tecnológico que Estaline - o tirano que inspirou o escritor britânico - nunca teve.

Este mesmo George Orwell combateu na Guerra Civil de Espanha e deixou-nos em Homenagem à Catalunha o testemunho da luta de um povo contra o exército que o queria esmagar.

E para combater Franco voluntários dos quatro cantos do mundo criaram as chamadas Brigadas Internacionais. Nesta edição, conheça a história pelos olhos dos heróis esquecidos de 1937, os norte-americanos do Batalhão Lincoln.

Os violentos motins em Inglaterra e um dossiê sobre a ineficácia da estratégia de combate ao tráfico de droga a nível mundial, são outros temas que pode ler no número de setembro do Courrier Internacional.

Comentários 1 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
O futuro foi sempre maravilhoso. Ainda é!
É o maravilhoso mundo da informática.

Espero que os homens saibam sempre respeitar o Homem.

A informação global, na ponta dos dedos...
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub