45

Vamos ter sotaque exótico. O perfil do sucessor de Jon Stewart

Anterior
Putin pede pena leve para as Pussy Riot
Seguinte
14 feridos em explosão numa procissão no Vidago
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >  A primeira página do Expresso

Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 45 Comentar
ordenar por:
mais votados
1ª página

Portugal/hospitais de topo: Com o PREC de direita em breve não teremos nenhum público. Um dia todos pedirão o cartão de crédito na admissão. Os de topo, ou não !!

Banco de Portugal: Mentira, quem assegura a solidez da Banca somos nós, os contribuintes, com as sociedades, os avales e injecções de graveto que por lá mete.

PSD recua: É óbvio, o caldinho estava feito para a camarilha, com leis absurdas e déspotas.

RTP2: Eu adoro esta gajada !!! Com anedotas tipo João Duque a liderarem processos de Comunicação Social; com gentalha tipo Relvas metidos até à medula; com os interesses de agenda e promessas feitas a terem de ser cumpridos; com lobos a reclamarem parte do quinhão; com a necessidade de "pagar" a financiadores de campanha; o todo liderado pelo farsola, a novela RTP só podia dar nisto: É o salve-se quem puder, interessa é dar alguma coisa para os calar !!
Re: 1ª página
Re: 1ª página
Re: 1ª página
Re: 1ª página
Re: 1ª página
Re: 1ª página
na xuxaria équera bau.
Mais p'ró parvo que outra coisa
Pois...
A esperança não está noticiada nesta 1ª página... nada diz, nem um ruido se ouve...
É uma primeira página que deve ter sido uma das mais difíceis fazer porque fazer jornalismo no abismo que vivemos a miséria já não é noticia.... E o que há para além desta miséria é mais miséria com o vazio de ideias e o futuro vazio de esperança.
Das noticias, temos:
  a do Banco de Portugal, acho que Carlos Costa está a pensar em voz alta...
A dos hospitais... não é noticia nenhuma, no abismo em que estamos pelo andar da carruagem há-de chegar a altura que deixarão de ser de topo para constipações e diarreias...
Quanto ao recuo do PSD... já se sabe o que acontece quando as autarquicas estão à porta... o pote ainda tem algo para lamber e assim saborear.
Quanto à Cândida, bem... diz que vai à Universidade de Verão falar sobre combate à corrupção mas não diz se vai para ensinar ou aprender... Se pensa que vai para ensinar então poderá dizer-se que vai lá entregar o ouro ao bandido o que deverá ser logo rejeitado pela maioria dos presentes por o tal ouro não ter qualidade. Se tem a noção da realidade e diz que vai lá para aprender... não é num dia nem num ano que irá saber alguma coisa dos que têm muito para lhe ensinar, no entanto acho que devia falar com o Relvas para lhe dar a receita.
Quanto à fotografia da cadeira ladeada com Zeinal Bava e Carrilho da Graça, bem... de facto o EXPRESSO soube pensar, é preferível a presença de uma cadeira que de um ministro...
Re: Pois...
Re: Pois...
5 *****
Re: 5 *****
Re: Pois...
na xuixaria équera bau.
Nova Edição. Para um alternativa. Isto está podre
A catastrofe que alastra pela Europa com o aumento da pobreza e miséria, andamos a comentar noticias previamente orientadasque só mantêm esta situação preversa e a nada conduzem. Seria muito mais importante o debate de alternativas a este estado de coisas e não insistirmos no ridículo de manter o sistema de ditadura dos mercados defendida por politicos ao serviço de interessesque nada têm a ver com os cidadãos, mas sim com interesses transnacionais, para além dos deles próprios,que dominam a actividade economica e os meios de comunicação social. São predadores implacáveis e as presas são os cidadãos incautos. Subtraiem às populções para adicionar à Banca, perante a passividade dos inocentes. E o mais preocupante não é a acção dos maus, mas o silêncio dos bons. Assiste-se ao desmantelamento, dissolução, desintegração, e destruição das identidades nacionais e da própia civilização, únicamente por razões ideológicas ultra liberais. Assiste-se por outro lado ao definhamento da Cultura com o advento deste sistema. Está a ser corroida de forma larvar os fundamentos da Democracia, transformada em inimiga do povo e não como um poder dele emanado. Portanto é urgente resistir a este pensamento únicoque nosquerem impôr. Mas a primeira condição para modificar a realidade consiste em conhecê-la, bem como às possiveis alternativas. Mas é dificil, dado o assalto feito à comunicação social. Instalou-se em Portugal uma estranha Democracia, onde uma minoria tudo recebe e o povo tudo paga.
Re: Nova Edição. Para um alternativa. Isto está po
na xuxaria équera bau.
Maus augúrios
O ataque da oposição comentarista é intenso e parece coordenado. Entrámos em plena fase do "se um diz mata-o o outro diz esfola-o". Este conjunto de leitores pinta um quadro negro, com miséria galopante, gente fechando hospitais e deixando os doentes à porta, pessoal esfomeado buscando uma bucha nos caixotes do lixo.

Mas não têm razão e alguns sabem-no bem. Mais, há, nalguns casos a tentativa deliberada de nos fazer esquecer que grande parte dos males presentes têm origem no saque sistemático e profundo de que fomos vítimas, pela camarilha socrática.
  Só as aventuras de Lino (computadores, auto-estradas,pontes,tgv's e aeroportos) gastaram metade da massa do empréstimo.
Diz o tacho para a panela "chega-se para lá, não me mascarres"parece ser um ditado apropriado para definir a actuação da brigada do mau agoiro.

Felizmente a situação, se bem que grave e de crise, está muito longe dos desejos expressados, as praias estão cheias, as pessoas vivem a sua rotina e continuamos a pertencer aos 20% com vida mais confortável.

Quanto à corrupção, à ineficácia, à incompetência e à bandalheira, nada de novo, tudo dentro do habitual de há 20 ou 30 anos.
Re: Maus augúrios
Re: Maus augúrios
Re: Maus augúrios
O gás inebriante
Re: O gás inebriante
Re: O gás inebriante
Re: O gás inebriante
Cândida Almeida explica:
Como se combate a corrupção, por exemplo, nas privatizações.
Assim ela lá foi explicando que com a venda da RTP, da TAP, da ANA, a corrupção, as luvas, as contrapartidas vão sofrer o maior boom da história portuguesa.
também disse que o país não vai ficar mais rico com essas privatizações, porque esse dinheiro nunca vamos saber quem o tem, ou onde foi aplicado.
Continuou a palestra, explicando que os mesmos que agora vendem, são aqueles que dentro de 1 ano ou 2 estarão á frente dessas mesmas empresas, que já estarão privatizadas.
Também explicou, ou pelo menos tentou explicar, como um partido político abre um banco, com a finalidade de favorecer os seus membros, militantes, associados, amigalhaços e familiares, desviando milhões, apropriando-se de outros tantos milhões, e no final, toda essa gente que ficou escandalosamente rica, não é chamada á justiça, não é obrigada a pagar o que roubou ao estado, e são os contribuintes como nós que ainda vamos pagar essa falcatrua digna de mafiosos,,com os nossos impostos, subsídios, saúde, educação, etc.
E dissertando sobre corrupção, também disse que ela, e o M. Público do qual faz parte, mais a M. José Morgado, que passa a vida a dizer que há corrupção, nunca mexeram a ponta de um corno, expressão nossa que gosto particularmente, para por um fim a essa mesma corrupção da qual elas adoram dissertar.
Ou combatem-na, ou calam-se para sempre.
Porque já nem as posso ouvir. ...
Re: Cândida Almeida explica:
Re: Cândida Almeida explica:
1ªPágina
Será que quando não houver mais nada para vender eles continuam por cá?
leis eleitorais só olham para o que lhes interessa, pois alterar as penas para os corruptos e criminosos certamente que iria afectar muito boa gente e ficávamos sem alguns agiotas.
Cândida a falar de corrupção? Deve ser alguma anedota.
Continuem a votar?
Insuburdinação nacional para correr com os
canalhas do poder. Não dá para comentar nada..................
A primeira página do Expresso
Finalmente começo a compreender que a Comunicação Social não queira dizer a verdade, pois se o povo já está a sofrer e de que maneira, para quê ainda vir-lhe lembrar. Há que tentar esquecer a fome que já se está passar a todo o custo. Descrever a situação real do País só nos envergonha, por isso o melhor mesmo é fazer como a avestruz. Já se foi a EDP, REN, Pavilhão Atlântico e no negócio do BPN nem vale a pena falar. A seguir virá a TAP, GALP, RTP, as Águas, Lixos etc. etc. . Quando o pote não tiver mais que lamber, pela certa uns vão ficar de barriga cheia e outros com ela vazia. Uns vão ficar com cadeiras, porque outros já ficaram com bancos. Uns vão ficar sem saúde porque outros já ficaram com hospitais. Enquanto uns vão ficar com cultura, outros com a ignorância. Enquanto uns vão ficar com a Justiça, outros vão ficar com medo dela.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/passos-portugal-no-bom-cam

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/bpn-fraude-sem-castigo.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/genro-de-cavaco-compra-pavilhao.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/08/algumas-nomeacoes-deste-governo-psdcds.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/anuncio-de-emprego-sem-comentarios.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/cavaco-silva-inscreveu-se-na-pide.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/zeze-camarinha-requerimento.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/o-emigrante-portugues-1965-2012.html
na xuxaria équera bau.
Quem é mais esperto o cão ou o carangueijo?....
youtu.be/0z2MwzcY05o
Por falar em hospitais...
Este será o nosso futuro, graças a este governo de malfeitores:

a5.sphotos.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-prn1/c22.0.403.403/p403x403/601647_3171500783710 61_1745297155_n.jpg
Re: Por falar em hospitais...
O hino nacional Italiano: Irmãos de Itália.

Nesta altura tão terrível e amarga, é bom ouvir os hinos nacionais.

Porque isto faz bem ao coração tanto mais que se pode ver neste vídeo a antiga e querida lira italiana.

Agora proponho aos Tugas o hino Italiano: Fratelli d'Italia = Irmãos de Itália.

www.youtube.com/watch?v=-Ag2b-Xb9no

        *********

Hã um truque para irmos diretamente ao vídeo, etc. indicado no link.

Basta selecionarmos o link e depois clicarmos nisso com o rato direito.

A seguir vai aparecer a voz: vai alla pagina www.youtube.com ... ou outro contacto ....
   
Clique de novo e o jogo é feito.

António - Itália

O hino nacional: Irmãos de Itália + DESPORTO.
Ó António
Re: Ó António
Re: Ó António
Re: Ó António
Re: Ó António
VENDA RTP2
Com a informação privilegiada fornecida pelo super-espião maçónico e “mano” do relvinhas, a ongoinga vai comprar isto. Vai ser uma grande negociata… O canal vai passar a designar-se CRR (Curso Relâmpago à Relvas). Vai ser uma espécie de “telescola superiora”e basta ter a televisão ligada para obter o diploma. O “rigoroso” controlo dos aparelhos ligados ao canal CRR é feito pela “rigorosa” empresa GFK-R (de relvinhas). De manhã, para os bem acordados, passam ciências exactas, naturais e tecnológicas; à tarde, hora da sesta, passam ciências sociais e humanas; à noite, hora do ó-ó passa ciência dos políticos chico-espertos e relações maçónicas e mafiosas internacionais. Todas as aulas nocturnas, gravadas, são ministradas pelo brilhante relvinhas. Um mês de ligação devidamente certificado pela GFK-R confere direito a bacharelato, dois meses corresponde a licenciatura, três meses conferem mestrado e quatro meses dão o grau de DOUTOR. Se tiver o aparelho ligado 24 horas por dia pode fazer três cursos em simultâneo. Isto vai ultrapassar largamente o sucesso das “NOVAS OPORTUNIDADES”. Até o p. coelho se vai também inscrever no curso nocturno para se doutorar… POVO ACORDA! FASCISMO NUNCA MAIS! 25 DE ABRIL SEMPRE!
Comentários 45 Comentar

Últimas

Jerónimo disse tudo

PSD da Madeira foi o único partido que se renovou por dentro, nas pessoas, nas ideias e ...

Ver mais
Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub