Anterior
50 discos de música jazz que toda a gente deve ouvir
Seguinte
Ana Moura apresenta "Desfado" em dose dupla
Página Inicial   >  Cultura  >  Música  >   50 discos de música pop que toda a gente deve ouvir

50 discos de música pop que toda a gente deve ouvir

Meia centena de álbuns de música pop que os leitores devem conhecer, selecionados pelos críticos de música do Expresso.
|

Após uma longa consideração sobre o conjunto de discos comercializados desde o início do século XX, os críticos de música do Expresso escolheram 50 de música pop cuja audição recomendam aos leitores. Recuperando o cânone ou apostando na surpresa, aqui estão alguns dos mais importantes álbuns da História e alguns dos melhores jamais editados, mas não todos. Apenas 50 opções de excelência cuja escuta irá enriquecer culturalmente quem lhes dedicar a sua atenção.

Uma lista jeitosa para recortar e trazer na carteira ou para servir de rol para o Natal.


Veja a fotogaleria:


Opinião


Multimédia

Geração Z

Mais rápidos, mais capazes, mais solitários, os Z vivem agarrados aos ecrãs, pensam com a ajuda da internet e estão permanentemente preocupados com a bateria do telemóvel. Que geração é esta que nasceu com a viragem do século?

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.


Comentários 44 Comentar
ordenar por:
mais votados
Um absurdo...
Nao sei se havera engano, se por mau gosto ou por fraca qalidade do autor mas gostaria que me explicassem o que 'e que os Clash, Pink Floyd, Jimi Hendrix, Amalia etc tem a ver com a musica POP??????

Deploravel.

E "Thriller" de Michael Jackson, "Faith" de George Michael, "Kick" de INXS, Madonna, etc esses sim ICONES da pop que nao cabem nesta lista "elitist" de ouvido refinado que trata o Punk, Indie, Rock, Psicadelico, Etnico etc como POP so para ser diferente.

Mau, muito mau.

Re: Um absurdo...
Re: Um absurdo...
Re: Um absurdo...
Que racional. ..
Re: Que racional. ..
Continuação...
Re: Continuação...
Re: Continuação...
Continuação...
Re: Um absurdo...
está tudo misturado
Que merda de lista
Amália e Carlos Paredes são «pop»..?
O que é que estes gajos chamam aos Rádio Macau ou UHF?

Falta aqui.. bom.. dependendo do que se chama «pop»:
«Construção», de Chico Buarque
«Thriller», de Michael Jackson
Faltam Queen, Dire Straits, Simon & Garfunkle, Carlos Santana, Tina Turner, Bob Seger, Bruce Spingsteen...

Em vez do Ali Khan em Pris, não acham que teve mais impacto «pop» o Libertango, do Astor Piazzola.. já que falamos de Paris? Quem é «prince»? Quem é a janette jackson? Quando uma lista de musica pop não tem Michael Jackson.. bom.. pode ser que seja muito «selecta»; mas uando uma lista tem Janet jackson e não tem Michael Jackson, é a lista que é uma merda.

...
Esta colectânea é uma amostra da intemporalidade da música ... e quando é de qualidade perdura no tempo ...
Esta se torna luz que mergulha na essência ... trazendo o cristalino e tomamos consciência da verdadeira existência no tempo, numa época ... A considerar as Vossas excelentes sugestões ...

Parabéns ... Alargar o horizonte para alguns músicos e músicas que são desconhecidos ...

Re: 50 discos de música pop que toda a gente deve
Britney Spears?! WTF?! O Thriller do Michael Jackson que é considerado por muitos o melhor album pop de sempre e foi também o álbum mais vendido de sempre, não aparece sequer nesta lista. Britney Spears?! Pelo amor da santa... Já agora a Lady Gaga, a Rhianna ou o Tony Carreira...
E desde quando é que musica étnica, fado, prog rock, punk e rock psicadélico são pop?
Mas pronto, estas listas valem o que valem.
Britney Spears
Viro e reviro...
???
Realmente, a falha do Thriller, quase exactamente 30 anos depois do seu lançamento, é imperdoável...
E os outros comentadores têm igualmente razão, porque há muito álbum aqui listado que nada tem a ver com a POP.
listas, cada uma faz a sua
Se a lista de Jazz podia estar incompleta, está é descabida.
Em relação aos Pink Floyd, nunca foram uma banda pop, e se têm algum disco que se aproxima disso é o The Wall (apesar do tom de ópera épica tem elementos pop) e nunca o Dark Side of The Moon (muito mais progressivo e experimental).
Carlos Paredes e Amália Rodrigues não são POP. Ponto.
Se estamos a meter álbuns de rock numa lista de pop (o que não me choca nada) porque não uns Nirvana ou Pearl Jam que marcaram uma geração e uma inversão na música moderna.
Não estando aqui fico à espera da lista do Rock.
Re: listas, cada uma faz a sua
Re: listas, cada uma faz a sua
Re: 50 discos de música pop que toda a gente deve
Para além da já mencionada confusão entre Rock, Pop, Prog e Fado (!), se estamos a falar de POP exclusivamente como podemos omitir Michael Jakson, o rei da dita e autor do album mais vendido de sempre?

E já agora os ícones do anos 80, sem dúvida a década rainha do POP: Smiths, Duran Duran, Frankie Goes to Holywood (só para mencionar alguns)?

E Captain BeefHeart? Para além de ser Prog extremo, já tentaram ouvir esse album de fio a pavio? Para isso mais valia porem o original e principal influenciador, Frank Zappa.

Bem sei que isto é tudo relativo e blah blah mas ao menos cinjam-se à categoria POP que é isso a que se propuseram.
Re: 50 discos de música pop que toda a gente deve
A definição de música pop
é um exercício um pouco complicado...Acho que neste gráfico vem mais no sentido de Popular e, assim, pode abarcar vários estilos musicais.

Não estando a ser imparcial, espanta-me não estar referido o primeiro álbum dos The Doors... Se aparece o Revolver dos Beatles ou Velvet Underground, os The Doors seriam presença obrigatória, mas enfim, trata-se de gostos pessoais.
No entanto, gostei da inclusão do Beggars Banquet dos Rolling Stones, quando, normalmente se fala mais do Exile ou do Let it Bleed.
Re: A definição de música pop
Re: A definição de música pop
Re: A definição de música pop
:)
Britney sprears...? voces andaram a sacar imagens do google feitos idiotas a ver a mais bonita...Nirvana entre milhentos nomes não há.....deixem-se de merdas o povo agradece...
Que lista da trêta...
Britney
Esclareçam o critério
Os autores têm que esclarecer o que é que entedem por Pop, porque é evidente que estão a seguir um critério completamente diferente daquilo que estávamos à espera. Estes tops são frequentemente criticado também por isso, pela falta de transparência.
Patético
Patética lista. Cheguei a pensar que era uma brincadeira de mau gosto. As ausências de Zeca Afonso e de Fausto em detrimento de alguns pesos pesados da música brasileira (ah, e também da Britney Spears) são um retrato fiel das nossas "elites" culturais. O resto nem comento, é demasiado mau.
Listas parvas, desnecessárias e inúteis
Fazer estas listas é uma tarefa tão estúpida quanto impossível, pois corre-se sempre o risco de deixar para trás um nome incontornável. Nesta lista são inúmeros os nomes que lhe faltam... já agora acrescento mais um THE SMITHS...
???
Stevie Wonder, Frank Zappa, Led Zeppelin, Nirvana, Johnny Cash, Bob Marley, Queen, Michael Jackson, e outros tantos.
Deixem de ser elitistas e enganar o público com referências que de pop nada tem. Pseudo-intelectuais da treta!!!
Electric Church Music
Foi assim intitulado o primeiro concerto de Hendrix na Suécia.
Ian Gillan, na sua estreia, foi apresentado como vocalista de uma nova banda pop, no Royal Albert Hall.

Lendo o forum, dá ideia que quem aqui escreve percebe mais de música que os próprios músicos. Mas provavelmente é por abusarem do tabaco.
estas listas valem o que valem...
mas porquê a britney e não os New Order (que foram muito mais relevantes para a pop electronica)? e os depeche mode e os smith são menos importantes que os the national (e eu gosto muito dos the national)
tenho duvidas sobre a classificação do Paredes, Amalia, Piazzola e Glen Branca como musica pop, apesar de compreender o que o Durruti Blak diz em relação à musica erudita vs musica pop. (mesmo assim como classificariamos Haendel que não passa de um compositor de musica de dança palaciana? :-) mas se incluimos a world music (paredes etc) e a musica experimental (g. branca) no conceito da pop porque não o jazz?
chhhiu...
Comentários 44 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador

PUBLICIDADE

Pub