1 de outubro de 2014
Diário
Estados Unidos

Vítima de uma guerra pacífica

Ricardo Marques18h00

A luta pelo aumento no salário mínimo nos EUA faz-se todos os dias com protestos pacíficos. Na linha da frente estão os trabalhadores das cadeias de fast-food. Maria Fernandes, uma portuguesa que tinha três empregos, morreu quando descansava no carro.

3

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

João Santos Duarte e João Roberto (vídeo)14h04

O novo salário mínimo entrou em vigor esta quarta-feira. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

3
Salário mínimo

Ainda não dá para mudar a vida deles

Maria João Bourbon (texto), João Santos Duarte e João Roberto (vídeo), Ana Serra (infografia) e Ana Baião (fotografia)08h05

Depois de três anos congelado, o salário mínimo subiu de 485 para 505 euros. O aumento, que entrou em vigor esta quarta-feira, é de 20 euros brutos, mas na prática são 17,80 euros líquidos que vão passar a entrar no orçamento de 350 mil portugueses que recebem a remuneração mínima - dados do Governo. Quatro destes 350 mil trabalhadores contam a sua história.

25

Pedro Marques abandona Assembleia da República

Cristina Figueiredo com Lusa20h46

Atual vice-presidente da bancada, e um dos nomes da nova geração de quem se falou como possibilidade para suceder a Alberto Martins, renunciou ao mandato de deputado por razões de "natureza exclusivamente profissional". Os seguristas ironizam com a situação: "É a primeira deserção do costismo".

Ucrânia. Ataque a escola faz pelo menos 10 mortos

Expresso19h48

Forças governamentais culpam os rebeldes pró-russos pelo ataque, enquanto estes lhes apontam o dedo. Três mil e quinhentas mortes é o número que as Nações Unidas apontam como resultado do conflito entre separatistas e forças ucranianas. 

#OccupyCentral

"Não acredito que a China fosse tão estúpida ao ponto de fazer algo como enviar o exército"

Expresso20h06

O Dia Nacional chinês coincide com o dia da "maior multidão desde o início dos protestos" nas ruas de Hong Kong, que conta já seis dias. A estratégia do Executivo de Hong Kong e das autoridades de Pequim? Esperar que os protestos cessem por si. Entretanto, o último governador britânico de Hong Kong diz que é tempo de substituir "o gás lacrimogéneo e o spray pimenta pelo diálogo".

Vendas de automóveis continuam ao rubro

J. F. Palma-Ferreira18h53

Mercado de ligeiros de passageiros registou crescimentos de vendas em todos os segmentos, recuperando as vendas nos segmentos médios e até nos mais baixos, que tinham sido mais penalizados no auge da crise económica.

Diário
Televisão

Mar Salgado está a vencer o "primeiro round" no novo duelo de novelas

Adriano Nobre18h00

A mais recente novela da SIC, Mar Salgado, está a confirmar a tendência recente de vitória de audiências da ficção nacional da estação de Carnaxide sobre a TVI. A adesão dos telespetadores está a surpreender os próprios responsáveis da SIC. Mas a TVI promete responder.

Diário
Crimes sem castigo

Histórias abafadas

Ana Soromenho e Anabela Natário18h00

O famoso caso de Carlos Burnay, um crime encoberto por conveniência da moral do Estado Novo, ou o internamento forçado da pintora Josefa Greno, por Miguel Bombarda, são alguns dos silêncios que já fazem parte da História. Relembramos alguns desses casos, num texto publicado originalmente na Revista de 3 de junho de 2011.

Bebés no conservatório. 'Babythovens' ou talvez não

Expresso15h30

A música é transversal a todos os indivíduos e há quem se inicie nesta arte desde muito cedo. No dia em que se assinala o Dia Mundial da Música o Expresso foi ver o que leva alguns pais a inscrevem os seus bebés no conservatório.


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador

Últimas

PUBLICIDADE

Mais visitados

Mais comentados



Opinião


Multimédia

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


As nossas escolhas


Primeiras Páginas



Está dito

Pedro Filipe Soares. O líder parlamentar do Bloco de Esquerda (BE) considera que o partido errou ao mostrar-se disponível para um entendimento de Governo com o PS, vai desafiar a liderança bicéfala de João Semedo e Catarina Martins e defende que é necessário recuperar a combatividade dos bloquistas. Público online, 01/10/2014
Pub