Siga-nos

Perfil

Expresso

  • A máquina do tempo: Pedrógão um ano depois (documentário e reportagem multimédia)

    Um ano é nada, 17 de junho de 2017 parece ontem. E para quem o viveu, 17 de junho de 2017 é agora. Sobre Pedrógão já se mostrou tanto e está quase tudo por mostrar. Porque há silêncios que demoram a desaparecer, queimaduras na pele que lembram aos sobreviventes o que outrora foram e já não são. “Não penso nem no passado nem no futuro, lamento o meu presente”, hão de dizer-nos. O Expresso passou um ano nos concelhos afetados pelos incêndios de 17 de junho e entregou câmaras de filmar a crianças diretamente afetadas pela tragédia, dando-lhes total liberdade para filmar o que quisessem. O trabalho inclui ainda testemunhos de feridos graves que quebram o silêncio da maneira possível. Um ano depois, mostramos os vivos sem esquecer os 66 que o país perdeu. Portugal tem de saber