Siga-nos

Perfil

Expresso

  • Em direto. Arranca a última ronda do Congresso do PS

    Mariana Lima Cunha

    Ana Gomes veio ao Congresso partir a loiça, como tinha prometido: “Errámos ao baixar as exigências éticas”. Assis não é fã da geringonça, mas elogiou Costa. E o debate ideológico também chegou à Batalha, consagrando Pedro Nuno como o campeão dos aplausos em pé. Este domingo, Costa voltará ao palco para encerrar o Congresso - e o Expresso está a acompanhar todas as novidades do encontro socialista, ao minuto

  • A voz da experiência é espanhola

    Mariana Cabral

    O Real Madrid conquistou a sua 13ª Liga dos Campeões, ao derrotar o Liverpool na final, por 3-1, com dois golos de Gareth Bale e um de Karim Benzema. Cristiano Ronaldo não marcou, mas conseguiu mais um feito inédito: conquistou a prova pela quinta vez

  • “Quando os processos de paz são reais, os ideais são imortais”

    Ana França e Helena Bento

    São as eleições mais importantes na Colômbia desde que a guerra com as FARC começou. Pela primeira vez, os colombianos escolhem um presidente em tempos de paz mas dessa escolha depende a própria paz. A primeira volta é este domingo e o que vai a votos são duas visões: uma aberta à reinserção das FARC na política mas fechada ao capital, outra liberal mas fechada ao regresso dos guerrilheiros à vida civil. Será possível arrumar 50 anos de guerra alienando para sempre uma parte da população?

  • Aquilino de volta no jogo do varapau

    Henrique Monteiro

    Na véspera de chegar às livrarias uma reedição de “O Malhadinhas”, considerado o ex-libris de Aquilino Ribeiro, publicamos um texto com um cunho muito pessoal no qual se explica como surgiu essa obra, quem era “O Malhadinhas” - figura que existiu mesmo - e como foi a vida do autor, um escritor que hoje seria zurzido pelos guardiães do politicamente correto. Um texto que mostra ainda aos que dizem que Aquilino é difícil de ler que o difícil é deixar de o ler